FITOESTRÓGENOS: MOLÉCULAS DE PLANTAS TRAZENDO BENEFÍCIOS PARA OS SERES HUMANOS

Lauren Lúcia Zamin, Helena Iturvides Cimarosti, Melissa Calegaro Nassif, Christianne Gazzana Salbego

Resumo


Durante a década de 30, começaram a surgir, na literatura, os primeiros registros da presença de substâncias análogas aos hormônios sexuais femininos em plantas, os quais foram tratados com ceticismo. Contudo, com o avanço das técnicas analíticas, a ocorrência dessas substâncias nas plantas foi confirmada e esses compostos foramd enominados, então, fitoestrógenos (Phytus = planta) devido ao fato de que, quando ingeridos, mimetizam os efeitos dos estrógenos. Os fitoestrógenos são compostos difenólicos não esteroidais originados ou derivados do metabolismo in vivo de precursores presentes em muitas plantas das quais o homem se alimenta. As principais classes destes compostos são as isoflavonas, lignanas e cumestanos. As isoflavonas têm uma distribuição restrita no reino das plantas, sendo limitada à subfamília Papilionoideae das Leguminosas. Os alimentos à base de soja têm grande quantidade de isoflavonas, como genisteína e daidzeína, e estas exercem a mais potente atividade estrogênica e são os compostosmais pesquisados.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Infarma - Ciências Farmacêuticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

 

Indexadores: