SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE VERSUS JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE NO BRASIL

Anselmo Gomes de Oliveira, Damaris Silveira

Resumo


De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população brasileira, em 2019, é estimada em mais de 210 milhões de
pessoas, que estão distribuídas, de forma muito heterogênea, em uma área de mais de 8,5 milhões Km2. Dessa forma, a saúde pública no Brasil constitui um cenário bastante complexo, no que se refere ao acesso da população ao serviço e ao número de profissionais de Saúde, principalmente em áreas mais remotas e comunidades menos assistidas.


Palavras-chave


SUS; CONITEC; RENAME; judicialização

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14450/2318-9312.v31.e3.a2019.pp143-145

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Anselmo Gomes de Oliveira, Damaris Silveira

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

 

Indexadores: