LEVANTAMENTO DE MEDICAMENTOS DESCARTADOS PELA POPULAÇÃO DE JARAGUÁ DO SUL E CORUPÁ – SC POR MEIO DO PROGRAMA DESCARTE CONSCIENTE

Eduarda Pamela Schneider Walker, Sabrina Aline Erdmann, Vivian Binder Neis, Bruna Gonçalves Lopes, Adrielli Tenfen

Resumo


O aumento da utilização de medicamentos em função do desenvolvimento de novos fármacos aliado à automedicação, levam a maior formação de resíduos, que acarretam em danos ao meio ambiente e à prejuízos na saúde da população. Com isso, o objetivo do presente trabalho foi avaliar os medicamentos coletados pelo Programa Descarte Consciente nos municípios de Jaraguá do Sul e Corupá- SC no período de um ano, além de conscientizar a população sobre o descarte correto e a automedicação. Para isso, foram realizadas palestras nas UBS e Centro de Idosos dos Municípios para promover essa conscientização. Após a realização das Copalestras, foram disponibilizadas caixas coletoras de medicamentos que ficaram à disposição da população. Após o recolhimento os medicamentos foram avaliados quanto ao seu nome, quantidade, forma farmacêutica, tarja, data de validade e classificados conforme ATC. Os resultados encontrados foram divulgados para a população na forma de palestras, com o objetivo de conscientização. Foram obtidas 7.528 unidades totais, com destaque para tuberculostáticos(25,75%), anti-hipertensivos (10,66%), anticoncepcionais orais (8,42%), analgésicos (5,36%) e anti-infl amatórios (3,22%). A maior quantidade das classes de medicamentos descartados pode estar associada a uma maior utilização dos mesmos pela população, fornecimento pela rede pública, uso irregular ou falta de adesão ao tratamento. Conclui-se que, a análise dos medicamentos descartados pode contribuir para uma melhor compreensão dos fatores que podem levar ao descarte excessivo bem como podem auxiliar em campanhas de conscientização quanto ao prejuízo ambiental e os danos que um descarte inadequado desses medicamentos pode causar à saúde da população. 


Palavras-chave


Doença crônica; prazo de validade de medicamentos, resíduos sólidos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14450/2318-9312.v32.e3.a2020.pp262-270

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Adrielli Tenfen

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma - Ciências Farmacêuticas

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

 

Indexadores: